28° C

Vinculadas

Banner Cupula 928x90

Vinculadas

Vinculadas

PORTO DE SUAPE

PORTODESUAPESITE

O Complexo Industrial Portuário de Suape é um dos maiores projetos de desenvolvimento da economia do País. O empreendimento oferece oportunidades em diversos setores, atraindo investimentos e gerando renda para os trabalhadores que se orgulham em construir uma nova história para Pernambuco.

Distante apenas 40 quilômetros do Recife, Suape é interligado a mais de 160 portos em todos os continentes e se apresenta como o porto público mais estratégico do Nordeste, tendo em vista que 90% do PIB (Produto Interno Bruto) da Região encontra-se em um raio de 800 quilômetros do porto. Dessa forma, mostra-se como um hub port natural, ou seja, porto concentrador e distribuidor de cargas não só para o Nordeste, mas também para o Norte do País.

Aliando um conceito de porto-indústria, o Complexo de Suape surgiu como instituição pública em 1978, por meio da Lei Estadual nº 7.763, que criou a empresa SUAPE - Complexo Industrial Portuário, cuja finalidade era administrar a implantação do distrito industrial, o desenvolvimento das obras e a exploração das atividades portuárias.

Hoje, é administrado pela estatal chamada SUAPE – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, por autorização do governo federal, pelo convênio firmado em 9 de abril de 1992.

Saiba mais

 

PORTO DO RECIFE S.A

PORTODORECIFE

O Porto do Recife é uma instituição centenária que atua na prestação de serviços para atendimento de navios de longo curso e cabotagem para importação e exportação de cargas nacionais e estrangeiras. O ancoradouro também tem estrutura para receber navios de cruzeiro e possui um Terminal Marítimo de Passageiros. Está dentro das atividades do Porto do Recife o fornecimento de águas tranquilas para atracação, a disponibilização de berços e local para armazenagem (armazéns e pátios), além da segurança necessária para a realização das operações portuárias.

A localização é um grande diferencial do Porto do Recife. Por estar situado em um centro urbano, dentro da cidade, possui acessos estratégicos aos principais pontos da Região Metropolitana, com as menores distâncias aos principais centros de distribuição de mercadorias que se destinam ao interior e ao litoral do Estado.

O ancoradouro fica a 60 quilômetros de Goiana, distrito industrial que recebe investimentos da Fiat, Companhia Brasileira de Vidros Planos (CBVP), Hemobrás e demais indústrias do polo farmacoquímico. O Porto atende, praticamente, todo o Nordeste brasileiro, no alcance de um raio de mil quilômetros, incluindo os estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Piauí, Ceará e Bahia. Está dentro da rota de navegação do Mercosul e das principais rotas internacionais.

 

UM POUCO DE HISTÓRIA - Datam de 1815 as primeiras iniciativas para a realização de melhoramentos no antigo ancoradouro do Recife. No decorrer do século 19 foram elaborados diversos projetos, sem que a execução, contudo, prosperasse. Somente em 1º de julho de 1909, com a publicação do Decreto nº 7.447, a empresa Societé de Construction du Port de Pernambuco foi autorizada a construir as novas instalações, compreendendo 2.125 metros de cais e três armazéns.

A entrada em operação comercial ocorreu em 12 de setembro de 1918. No dia 10 de dezembro de 1920, ficou definida a transferência da concessão do porto para o governo estadual, que deu prosseguimento às obras da sua implantação, concluindo mais cinco armazéns, um galpão e começando o prolongamento do cais. Ao longo das décadas essa concessão foi revista e o Porto do Recife passou à administração da União, ficando sob a égide do governo federal até maio de 2001.

A partir de 1º de junho daquele mesmo ano, através do Convênio de Delegação nº 02/2001, firmado entre o Governo do Estado de Pernambuco e a União Federal, a administração e exploração do Porto Organizado do Recife passou a ser realizada pelo Estado de Pernambuco, por intermédio da empresa Porto do Recife S.A.

Leia mais

 

AD DIPER

ADDIPERFACHADASITE

A Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) é uma sociedade de economia mista, da administração indireta do Estado, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC). A missão da AD Diper é apoiar o desenvolvimento econômico e social do Estado, por meio de ações indutoras e do apoio aos setores industrial, agroindustrial, comercial, de serviços e de artesanato.

Os principais desafios da Agência são interiorizar o desenvolvimento, integrando o médio e pequeno produtor ao dinamismo econômico local; administrar os Distritos Industriais do Estado; conceder incentivos fiscais para as empresas (através do Prodepe); realizar a Fenearte e administrar os Centros de Artesanato do Estado; apoiar as relações das empresas pernambucanas no comércio exterior; incubar projetos que induzam o desenvolvimento econômico.

Hoje a AD Diper incuba novos e importantes projetos para o Estado. Entre eles estão o polos automotivo, farmacoquímico, vidreiro e a comercialização de energia alternativa.

Leia mais

 

COPERGÁS

A Companhia Pernambucana de Gás – Copergás – foi criada em 17 de setembro de 1992, pela Lei Estadual 10.656/1991,e entrou em operação em 1994. Com um volume médio superior a 4,8 milhões de metros cúbicos/dia, é uma das cinco primeiras do Brasil em movimentação de gás natural. Atualmente odoriza, canaliza e distribui o gás natural em Pernambuco, atendendo aos mercados industrial, automotivo, residencial, comercial, termoelétrico, cogeração de energia e a Refinaria Abreu e Lima.

Em 2012, a Copergás tornou-se a primeira distribuidora de gás natural do Brasil a conquistar a tríplice certificação no Sistema de Gestão Integrado (SGI), que reúne as normas ISO 9001 (Gestão de Qualidade), ISO 14001 (Gestão Ambiental) e OHSAS 18001 (Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho).

Empresa de economia mista, que tem como sócios o Governo do Estado de Pernambuco, a Petrobras Gás S.A – Gaspetro e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, a Copergás, de acordo com seu Relatório da Administração 2017, trabalha com um plano de investimentos 2018-2022 que totaliza R$ 227,8 milhões. Tais recursos serão destinados à ampliação da rede no Interior, especialmente em áreas ainda desprovidas de gasodutos. É o gás natural promovendo desenvolvimento e evolução ambiental para todo o Estado de Pernambuco.

Leia mais

 

PORTO FLUVIAL DE PETROLINA S.A

O porto fluvial fica às margens do Rio São Francisco, com sede na cidade de Petrolina, é uma empresa de Economia Mista - Porto Fluvial de Petrolina S/A , ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC). O Porto foi criado pelo Decreto Estadual nº 230/1970 e regulamentado em 31 de dezembro de 1971. Atualmente está sem movimentar cargas, devido ao baixo nível do rio. A estrutura ocupa uma área de 30 hectares, dispõe de mil metros de extensão, às margens do São Francisco, galpão de 2 mil m² e escritórios.