Código de ética do ouvidor

A Associação Brasileira de Ouvidores – ABO instituiu o Código de Ética, em Fortaleza – CE, no dia 19/12/97, nos termos enumerados a seguir:

01. Preservar e respeitar os princípios da “Declaração Universal dos Direitos Humanos, da Constituição Federal e das Constituições Estaduais”.

02. Estabelecer canais de comunicação de forma aberta, honesta e objetiva, procurando sempre facilitar e agilizar as informações.

03. Agir com transparência, integridade e respeito.

04. Atuar com agilidade e precisão.

05. Respeitar toda e qualquer pessoa, preservando sua dignidade e identidade.

06. Reconhecer a diversidade de opiniões, preservando o direito de livre expressão e julgamento de cada pessoa.

07. Exercer suas atividades com independência e autonomia.

08. Ouvir seu representado com paciência, compreensão, ausência de pré-julgamento e de todo e qualquer preconceito.

09. Resguardar o sigilo das informações.

10. Facilitar o acesso à Ouvidoria, simplificando seus procedimentos, agindo com imparcialidade e justiça.

11. Responder ao representado no menor prazo possível, com clareza e objetividade.

12. Atender com cortesia e respeito às pessoas.

13. Buscar a constante melhoria das suas práticas, utilizado eficaz e eficientemente os recursos colocados à sua disposição.

14. Atuar de modo diligente e fiel no exercício de seus deveres e responsabilidades.

15. Promover a reparação do erro cometido contra o seu representado.

16. Buscar a correção dos procedimentos errados, evitando a sua repetição, estimulando, persistentemente, a melhoria da qualidade na administração em que estiver atuando.

17. Promover a justiça e a defesa dos interesses legítimos dos cidadãos.